Como aumentar a conversão de e-commerce em 250%? Uma história real

Você sabia que pode aumentar a conversão do seu e-commerce com a realidade aumentada? Na verdade, existem muitas vantagens em usar esse recurso na sua loja virtual e muitos já colheram os frutos disso. Confira.

O que é realidade aumentada?

A realidade aumentada, ou AR (augmented reality em inglês), é uma tecnologia capaz de trazer elementos virtuais e sobrepor a realidade, normalmente pela tela de nossos smartphones.

Com ela, usando o celular ou outros dispositivos compatíveis, podemos misturar componentes digitais ao mundo real. A realidade aumentada se tornou muito conhecida após o jogo Pokémon Go, jogado hoje por mais de 30 milhões de pessoas diariamente no mundo todo.

Desde então a realidade aumentada foi para o mainstream, a tecnologia começou a ser mais explorada, em filtros do Instagram e principalmente no e-commerce

Diferença entre realidade aumentada e realidade virtual?

É muito comum confundir os dois, mas possuem uma diferença clara e simples de entender. Enquanto a realidade aumentada traz elementos digitais para o ambiente real, a realidade virtual leva do real para uma experiência imersiva a um mundo virtual.

Enquanto a realidade aumentada precisa apenas do seu smartphone para funcionar, por exemplo, a realidade virtual necessita de outros elementos, normalmente, fones de ouvido e óculos de realidade virtual a depender do grau de imersão que queira chegar.

Com a realidade virtual é possível ter um ambiente imaginário, ou seja, um mundo criado, mas também para melhorar um ambiente da vida real. Por isso que é bastante usada para treinamentos, por exemplo, simuladores de voo, treinamentos de risco etc.

Se você já assistiu ao filme Jogador Número 1, a realidade virtual é exatamente aquilo que acontece quando colocam seus acessórios e entram no jogo.

Você provavelmente está se perguntando: como usar a realidade aumentada em um e-commerce?

Nós costumamos ver a tecnologia como algo intocável, complicada demais ou não enxergamos totalmente tudo que ela tem a nos oferecer. Isso também acontece com a realidade aumentada.

Com a pandemia, esse cenário mudou um pouco, mas ainda tem muito a ser explorado.

Diminui os custos com as imagens

Com a realidade aumentada é possível personalizar os produtos de forma mais flexível, por isso, os custos com as imagens podem ser bem menores a longo prazo. Isso acontece porque é possível criar todas as variações de cores e de modelos semelhantes usando 3D.

Essa evolução é tão importante que existe um conceito, chamado visual commerce. Imagine que um cliente em uma loja física tem a possibilidade de tocar, se ver usando o produto e perceber a textura. Cada uma dessas sensações promovem o encantamento e o convencimento do cliente.

Embora o comércio pela internet já seja totalmente aceito e utilizado pelo mundo todo, não é possível ter tudo isso. No entanto, é possível ter sensações diferentes.

O visual commerce usa as imagens como um forte elemento para criar o desejo de compra no cliente. 

Alguns benefícios de usar a realidade aumentada são:

  • Melhora da experiência do usuário
  • Se diferenciar da concorrência
  • Apresentação capaz de influenciar o cliente de maneira positiva
  • Mais engajamento para sua marca
  • Os clientes entendem melhor o produto
  • Impressiona os clientes e
  • Dá vida aos produtos

Para exemplificar melhor, com a realidade aumentada, sua empresa pode criar fotos realísticas com apenas poucas imagens de vários ângulos, de um único produto, feitas em um smartphone. Com essas imagens, é possível fazer diversas variações e deixar a foto texturizada e mais fácil de visualizar.

Isso faz com que não seja preciso tirar fotos caras de estúdio e ainda vai trazer uma experiência muito melhor para o usuário. 

Experimentar antes de comprar

Além da possibilidade de imagens que causem experiencias mais realísticas, também é possível trazer produtos para o ambiente da casa do cliente. Isso faz com que ele consiga dar vida ao produto, perceber as cores e as combinações em casa antes de comprar.

Com isso, a possibilidade de trocas e devoluções diminuem bastante, afinal, o cliente consegue visualizar se o produto vai atender as suas expectativas mais realisticamente.

Como um e-commerce aumentou a conversão em 250%?

250% de aumento de conversão é muito e todos nós concordamos, mas quando se fala de realidade aumentada ajudando os clientes a entenderem e a escolher, é algo totalmente palpável.

Quem teve esses resultados foi uma empresa chamada Rebecca Minkoff, que começou a usar a realidade aumentada em seus produtos desde 2019.

Eles perceberam que quando os visitantes interagiam com os modelos 3D, aumentavam em 44% a probabilidade de incluir o produto ao carrinho. Além disso, tinham 27% mais chances de comprar do que quem não interagia.

Esses visitantes se tornaram 65% mais propensos a comprar do que os que não viam um produto em realidade virtual.

Segundo a CEO, Rebecca Minkoff, o comprador quer se conectar com a marca e entender as texturas e estruturas do produto, mas também se imaginar como se sentiria usando as peças da coleção.

Isso faz da realidade aumentada, uma grande ferramenta para apresentar o produto de maneira mais real, deixando o cliente ter uma visão diferente dos produtos, além de uma maior confiança.

Visual commerce

As compras pela internet podem ser muito práticas, vantajosas e rápidas. No entanto, muitas vezes não trazem uma experiência prazerosa, pois não são tão emocionantes quanto uma compra na loja com todas as vitrines e as provas.

Essa necessidade fez surgir o visual commerce, em bom português, comercio visual. O conceito é enriquecer a experiência do cliente, com a visualização de camadas, texturas e cores realistas. Não apenas isso, mas também deixar mais atrativo e estimular o comprador a se envolver, e claro, comprar.

O segredo é trabalhar o conteúdo visual, mostrando uma apresentação poderosa de um produto ou marca.

Ok, mas os ecommerces e sites de produtos sempre tiveram imagens, certo?

O visual commerce leva isso para outro passo.

Os novos compradores se comportam diferente. Afinal, hoje pesquisamos bastante antes de comprar, somos bombardeados por anúncios de produtos e precisamos de conexão com as marcas.

Para isso, as imagens são super importantes. Se os anúncios trazem uma produção de design incrível, mas quando chegamos no site não temos a continuação visual, será um balde de água fria.

Segundo uma pesquisa da Skyword, imagens atraentes são 94% mais visualizadas do que as básicas, portanto, use as imagens mais impressionantes.

Essa experiencia pode ser ainda mais enriquecedora com o uso de vídeos e realidade aumentada.

Já pensou em transformar o seu ecommerce com imagens realísticas e apps onde o cliente pode experimentar o seu produto usando a realidade aumentada?

Clique aqui e saiba mais.